Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Câmara Municipal recusa repasse da Prefeitura de Curitiba

Com BandNews CuritibaA Câmara Municipal de Curitiba abriu mão do repasse da Prefeitura referente ao mês de novembro, um ..

Mariana Ohde - 01 de dezembro de 2016, 07:06

Com BandNews Curitiba

A Câmara Municipal de Curitiba abriu mão do repasse da Prefeitura referente ao mês de novembro, um montante que chega a R$ 11,6 milhões. O chamado duodécimo é o repasse que o Executivo faz ao Legislativo até o dia 20 de cada mês e está previsto na Constituição Federal.

Porém, segundo o presidente da Câmara, vereador Ailton Araújo (PSC), por conta da exoneração de cargos comissionados, somente parte do duodécimo será repassado à prefeitura. "Possivelmente, a gente poderá fazer à prefeitura uma repasse de R$ 6 milhões. Não o total de R$ 11,6 milhões porque, por ser final de legislatura, temos que exonerar todos cargos comissionados e, para isso, temos que pagar férias e 13ª. Isso vai alterar nossa despesa agora, no mês de dezembro", explica.

Ainda segundo o presidente, a recusa do montante é o resultado de uma série de medidas adotadas pela Casa que geraram economia, como a nova licitação de locação de carros utilizados pelos vereadores. "Passamos a ter uma economia de R$ 600 mil por ano só na licitação dos carros", afirma.

A destinação dos recursos cabe agora à administração municipal. A Secretaria Municipal de Finanças informou que foi feito um remanejamento e um novo fluxo de caixa para manter os serviços essenciais da Prefeitura. O recurso não estará disponível para o Fundo de Urbanização de Curitiba, que seria utilizado para o pagamento do 13º salários dos motoristas e cobradores.