Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Com orçamento limitado, escolas de samba de Curitiba se preparam para o Carnaval

Com Ana Krüger, CBN CuritibaNo barracão da Mocidade Azul, a tricampeã do Carnaval curitibano, voluntários já trabalham n..

Mariana Ohde - 06 de fevereiro de 2017, 08:39

Com Ana Krüger, CBN Curitiba

No barracão da Mocidade Azul, a tricampeã do Carnaval curitibano, voluntários já trabalham nos preparativos para a festa deste ano.O espaço fica no bairro Fazendinha, onde mora a maioria dos integrantes, para quem todo o esforço é recompensado quando a escola entra na avenida.

Para os preparativos, os voluntários se espalham pelo barracão. Em uma sala pessoas colam partes de fantasias, em outras estão as já prontas. Na tenda principal um grupo da vida aos carros alegóricos. O integrante da Mocidade Azul, Jorge Moraes, conta que ainda há muito para ser feito.

E cada um contribui como pode. "O tempo está passando, o momento está passando. E você quer ver a coisa terminada. Cada um doa o tempo que pode. Um pode uma hora, outro meia hora, outro pode meio dia e o outro o dia todo. A gente vai se virando", conta.

Neste ano, a prefeitura de Curitiba reduziu pela metade os repasses as escolas de samba. O corte pegou os grupos de surpresa. Com menos verba disponível, as escolas decidiram cancelar o concurso e realizar apenas o desfile. Com isso, nenhuma escola será escolhida campeã.

Integrante do grupo especial, a Leões da Mocidade decidiu não desfilar. O corte das verbas foi um dos motivos. Já a Acadêmicos da Realeza deixou o samba enredo em homenagem ao centenário do Chacrinha para o ano que vem. Sem o concurso, e com menos dinheiro, a escola decidiu mudar o tema e apostar em algo mais simples para este ano.

A tricampeã, Mocidade Azul, fez diferente. Decidiu manter todo o tema já previsto e reforçar a festa que é o Carnaval. Neste ano, a escola vai levar para a avenida comemorações como o Natal, o Ano Novo, as festas juninas e a páscoa.