Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Greca nega ampliação da Área Calma de Curitiba

Da BandNews CuritibaO prefeito de Curitiba, Rafael Greca, rebateu as declarações do atual superintendente municipal de T..

Mariana Ohde - 20 de janeiro de 2017, 08:32

Da BandNews Curitiba

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, rebateu as declarações do atual superintendente municipal de Trânsito de Curitiba, João Francisco dos Santos Neto, sobre a possibilidade de a prefeitura ampliar a Área Calma, região do Centro onde a velocidade máxima permitida é de 40 km/h. A declaração do superintendente foi feita na manhã desta quinta-feira (19) para o jornal Gazeta do Povo.

João Francisco comentava o levantamento realizado pelo Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), que indica que uma redução de 33% no número de acidentes na Área Calma em comparação com os onze meses anteriores a ela. "Acredito que a Área Calma melhorou bastante no que é o seu objetivo, que é a diminuição dos acidentes. Por isso, ela deve continuar do jeito que está e talvez até ser melhorada e ampliada", disse à Gazeta do Povo.

Segundo Greca, que desconhecia os números do BPTran, o superintendente não tem autoridade para falar em nome do prefeito. "Não estou informado sobre isso ainda, vou estudar pessoalmente isso. Ele não tem autoridade para falar em meu nome", disse.

Resultados

O vereador Goura Nataraj (PDT), que fez nessa semana um abaixo-assinado virtual em defesa da Área Calma, disse que a redução no número de acidentes era esperado quando o projeto foi criado. "É uma confirmação das expectativas que estavam no início do projeto", conta.

Apesar da redução de acidentes, o número de multas aumentou em 31% no total de infrações lavradas por agentes e radares de trânsito. Para Goura, as multas ainda são fruto da falta de conscientização dos motoristas. O vereador também cobrou os órgãos do governo do Paraná e da prefeitura de Curitiba para o reforço de campanhas educativas.

"Vejo que nós temos uma cultura da velocidade, uma cultura da agressividade no trânsito. Esse é um panorama maior. Eu acho que todos os órgãos, Detran, Setran, e entidades têm que ter uma voz ativa, unificada, na defesa de campanhas contínuas de respeito e segurança no trânsito. Não é uma ação isolada, uma campanha única, que vai resolver", afirma.

A Área Calma foi implantada pela gestão do então prefeito Gustavo Freut, no final de 2015.