Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Mulheres na ditadura militar ganham palco

Metro Jornal CuritibaA peça “Pelas mãos de Maria ou as vozes de Simone” estreia nesta sexta, Dia Internacional da Não-vi..

Narley Resende - 23 de novembro de 2016, 11:10

Metro Jornal Curitiba

A peça “Pelas mãos de Maria ou as vozes de Simone” estreia nesta sexta, Dia Internacional da Não-violência Contra a Mulher. O espetáculo é da Céu Vermelho Produções, e terá palco na Cia. do Abração.

O enredo conta a história de três mulheres que recebem do quartel militar a peculiar tarefa de costurar uma bandeira para ser exibida em uma parada na manhã do dia seguinte.

O cenário é em plena ditadura militar dos anos 70, em uma cidade do interior.

O autor da obra, Edson Bueno, adianta que as protagonistas são mulheres simples, sem estudo nem posição social, mas que oferecem uma vida rica e uma extraordinária experiência.

Segundo ele, a ideia surgiu de uma conversa com Letícia Guimarães, diretora da peça. Bueno nomeou o processo de criação do texto da obra de dramaturgia colaborativa, na qual o trabalho é feito em conjunto. “A Letícia não é necessariamente apenas a diretora, e eu não sou essencialmente o dramaturgo. Fazemos tudo juntos”, conta.

Diversos elementos da história remetem às dificuldades enfrentadas pelas mulheres da época, e de certa forma levam à uma reflexão sobre o papel do sexo feminino na sociedade e a luta por direitos igualitários.

A força das mulheres é um dos temas centrais da peça, segundo Bueno. “O papel delas é revolucionário. É importante expor um tema como esse no universo machista em que vivemos”.

O dramaturgo acredita que o tema do espetáculo também reflete a atual situação da sociedade, colocando em pauta temas como feminismo.

Sobre a recepção em Curitiba, Bueno se diz muito otimista. “Acredito que será muito bom, as pessoas vão gostar bastante. É uma peça bem original e diferente”.