Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Na posse de Greca, Richa anuncia R$ 60 milhões para Curitiba

Da CBN CuritibaO município de Curitiba vai receber R$ 60 milhões do governo do estado já em janeiro. O valor virá de uma..

Mariana Ohde - 02 de janeiro de 2017, 10:30

Da CBN Curitiba

O município de Curitiba vai receber R$ 60 milhões do governo do estado já em janeiro. O valor virá de uma antecipação do repasse do ICMS, medida que foi anunciada por Beto Richa na solenidade de posse do prefeito Rafael Greca, realizada no Memorial de Curitiba na noite deste domingo (01).

No total, as cidades paranaenses vão receber, por parte do governo, a transferência de R$ 400 milhões referentes à cota extra do imposto. O repasse deve ser feito ainda este mês, segundo Richa. "É uma cota extra de arrecadação de ICMS em função de uma antecipação de recebimento de receita. E Curitiba, pelo percentual que tem nessa distribuição de ICMS, deve receber R$ 60 milhões em janeiro, início da gestão do Rafael, para ampliar a capacidade de pagamentos da prefeitura, que hoje está comprometida, e novos investimentos necessários", disse.

Sobre os valores que entrarão nos cofres municipais, o prefeito de Curitiba comemorou. "É um alento, eu já me senti o menino Jesus no presépio. Quase Dia de Reis e já ganho R$ 60 milhões? Fiquei muito feliz", disse.

Ainda durante a cerimônia no Largo da Ordem, o governador reafirmou o compromisso de reintegrar o transporte coletivo de Curitiba e Região Metropolitana. "Pensando em uma Curitiba única, grande, uma Curitiba metropolitana, onde todos os cidadãos que moram na nossa cidade ou moram nos municípios vizinhos tenham o mesmo atendimento, porque trabalham aqui, moram lá, e vice versa. Todos participam do crescimento da nossa cidade. O prefeito Rafael Greca já mostrou essa disposição em trabalhar em parceria com o governo do estado", disse, reafirmando que a parceria é importante para superar as dificuldades trazidas pela crise econômica.

A promessa de retomada foi feita logo após a vitória de Greca nas urnas, no segundo turno das eleições municipais.