Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Obras de trincheira na Linha Verde geram bloqueio de ruas

Os motoristas que circulam pela Linha Verde Norte, na altura do Bairro Alto e do Bacacheri, terão que redobrar a atenção..

Julie Gelenski - 17 de fevereiro de 2017, 08:54

Os motoristas que circulam pela Linha Verde Norte, na altura do Bairro Alto e do Bacacheri, terão que redobrar a atenção, reduzir a velocidade e ficar atentos aos desvios. Desde o começo de janeiro, começaram as escavações para construção das paredes da trincheira que ligará a Rua Amazonas de Souza Azevedo, no Bacacheri, à Rua Fulvio José Alice, no Bairro Alto.

Quando a trincheira estiver concluída, os motoristas poderão cruzar a Linha Verde de um bairro para o outro sem interrupções. A nova trincheira formará um binário com a trincheira que já existe nas ruas José Zogda e Gustavo Rattman. Ambas vão ligar o Bairro Alto ao Bacacheri.

O investimento na obra é de R$ 27 milhões, recursos vindos de financiamento da Agência Francesa de Desenvolvimento (AFD) e de Certificados de Potencial Adicional de Construção (Cepacs) emitidos pela Prefeitura. A promessa é de que a obra fiquei pronta até o final de 2017.

Desvios e bloqueios de ruas

Em razão da obra da trincheira, alguns desvios de trânsito foram feitos na região. A Rua Xaverianos, entre a Rua José Zogda e a marginal da Linha Verde, está bloqueada. O bloqueio deve durar 30 dias.

Além da construção da trincheira, estão sendo feitas obras na canaleta central da Linha Verde Norte, que formará o novo corredor de transporte coletivo com linhas do Ligeirão. As obras seguem desde a altura da Victor Ferreira do Amaral, no Tarumã, até o Conjunto Solar, no Bacacheri.

Todos os desvios de trânsito estão sinalizados na região e foram definidos para gerar o mínimo de transtorno para os motoristas que se deslocam pela Linha Verde, de acordo com a prefeitura.