Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Pré-carnaval com Garibaldis Sacis e Monobloco é confirmado na Marechal

O pré-carnaval de blocos em Curitiba, na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, no centro da cidade, foi confirmado hoje (quin..

Narley Resende - 10 de fevereiro de 2017, 10:07

O pré-carnaval de blocos em Curitiba, na Rua Marechal Deodoro da Fonseca, no centro da cidade, foi confirmado hoje (quinta) para ser realizado no próximo domingo. Uma empresa privada assumiu a organização do evento e conseguiu com a Prefeitura a liberação dos alvarás necessários.

Com trio elétrico, estão confirmadas as apresentações dos blocos Garibaldis e Sacis e Monobloco. A festa na Marechal começa às três horas da tarde e deve acabar às oito da noite.

Segundo o advogado Marcelo Molinari, da empresa de eventos Like, todas as autorizações foram confirmadas hoje (quinta) e a festa será 100% privada.

"No ano passado foi realizado um evento no pré-carnaval, uma iniciativa pública e privada, com apoio da Fundação, e este ano foi viabilizado de forma exclusiva, atravez de patrocinadores será feito o pré-carnaval no domingo, na Marechal Deodoro, das duas da tarde às oito da noite como horário limite. Terá apresentação do bloco tradicional aqui de Curitiba Garibaldis e Sacis e a atração nacional que é o Monobloco. Nós levantamos todas as documentações, de trânsito junto à Setran, junto à Urbs, junto à Polícia Militar. Teremos uma reunião para tratar da parte operacional do evento, junto com a empresa de segurança privada e demais órgão para termos um evento de alto nível", diz.

A rua será fechada entre a Travessa da Lapa e a Avenida Marechal Floriano Peixoto. O ambiente do evento tem capacidade para até 30 mil pessoas.

"Terá revista no acesso para o evento, onde não será permitido o ingresso com objetos, como garrafas e bebidas, ou coisa parecida. O evento propriamente dito terá venda de bebidas. Banheiros químicos ficaram sob nossa responsabilidade, contratamos os banheiros, e recolhemos a taxa da Urbs para desvio das linhas de ônibus que passam ali nesse horário. Um evento 100% gratuito para a população", afirma.

Garibaldis e Sacis

A jornalista Anaterra Viana, da Comunicação do Bloco Garibaldis & Sacis, afirma que a realização do evento maior, na Marechal Deodoro, atende a uma demanda do público que o bloco conquistou nos 18 anos de existência.

"Era o que acontecia antes. A prefeitura entrava sempre com a estrutura. É a mesma empresa do ano passado, inclusive, que é a Like. A gente não tem estrutura para manter o público que a gente tem, os foliões que enchem e encheram a Marechal durante todos esses anos que a gente esteve na grande avenida. Então, pra gente pensar em ter essa estrutura e tudo é proporcionar a todos os foliões do Garibaldis e Sacis a festa do pré-carnaval. Porque nas nossas pequenas saídas a gente não consegue dar esse suporte para o grande público", diz.

Mesmo sem o apoio e até com a proibição de alguns eventos pela Prefeitura de Curitiba, o pré-carnaval deste ano está nas ruas da capital paranaense, com saídas independentes dos blocos, desde o início do ano. Na semana passada, o Garibaldis e Sacis foi proibido de desfilar no centro. A representante do bloco lamenta a política adotada pela prefeitura.

"Não estamos achando melhor assim. A gente tem sofrido até um certo terrorismo nas saídas que a gente tem feito, independentes, que a gente sempre fez. A gente gosta delas, até o próprio bloco consegue se divertir mais. A gente sempre fez essas saídas, com todos aqueles indeferimentos. Mesmo que não tenha acontecido nada, até agora a gente conseguiu sair na rua, foram indeferidas. Atraves da Secretaria de Urbanismo foram indeferidas duas das nossas saídas. A gente acredita que a próxima que a gente vai fazer também vai acontecer. Então, a gente fica saíndo na rua com medo de acontecer alguma coisa, mas saíndo da mesma forma", afirma.

Apoio público

O presidente da Comissão de Carnaval da Fundação Cultural de Curitiba, Jaciel Teixeira, afirma que os eventos não foram proibidos. A prefeitura alega que apenas não tem recurso para ajudar neste ano.

"O país passa por uma situação econômica não muito favorável. Isso afeta todos os poderes. A Prefeitura de Curitiba não é nenhuma excessão à regra com a questão financeira. Para os pré-carnavais, na gestão passada, a gente entrou com apoio, aporte, com toda estrutura de segurança, de grades, de sanitários, todas as estruturas. Esse ano a prefeitura não tem esse recurso. Mas deixou para os promotores privados, querendo realizar o evento, podendo realizar desde que cumprissem todas as metas estabelecidas pelo Poder Público", garante.

No calendário oficial de carnaval da Fundação Cultural de Curitiba, estão programados eventos na Marechal Deodoro apenas no sábado de Carnaval, dia 25, quando haverá o Baile Infantil Curitibinhas, às três horas da tarde; e desfiles de blocos a partir das seis horas da tarde, com Afoxé e Rancho das Flores.

Nos dias 27 e 28, segunda e terça-feira de carnaval, serão realizados bailes populares no Portal do Futuro Bairro Novo, no Sítio Cercado.

Nesses dias haverá baile infantil das três da tarde às sete da noite. A partir das oito horas, deve ocorrer os desfiles de bloco no bairro, até a meia-noite.

Por meio da iniciativa privada, o pré-carnaval terá um evento no próximo sábado, no estacionamento da Câmara de Curitiba. O Carnafest terá a famosa Zombie Walk, eleição do Rei Momo, Rainha e Princesas do Carnaval de Curitiba e outras atrações. O evento será finalizado pela banda curitibana Blindagem.