Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Transporte público de Curitiba tem média de oito assaltos por dia

Da BandNews CuritibaCuritiba tem uma média diária de oito casos de assaltos em ônibus e estações-tubo ao dia. Em 2016, f..

Andreza Rossini - 08 de fevereiro de 2017, 17:20

Da BandNews Curitiba

Curitiba tem uma média diária de oito casos de assaltos em ônibus e estações-tubo ao dia. Em 2016, foram registradas 3.093 ocorrências, de acordo com o Sindicato das Empresas de Ônibus de Curitiba e Região (Setransp), contabilizados pelo Sistema de Controle de Assalto a Cobradores (Scac), da Urbs.

O prejuízo ao sistema, segundo a empresa, foi de R$ 356 mil, o equivalente a mais de 136 mil passagens. Os números são semelhantes aos registrados em 2015, quando 3.100 casos foram contabilizados, só que com um prejuízo maior: cerca de R$ 483 mil. Em 2014, foram 3.571 registros e prejuízo de R$ 607 mil.

Nesta semana, começou a funcionar a Patrulha do Transporte Coletivo. Segundo a prefeitura, 10 viaturas e 20 guardas municipais passaram a monitorar as linhas mais movimentadas do transporte coletivo. É o que explica o secretário de Defesa Social e Trânsito, Algacir Mikalovski.

"Guardas Municipais trabalhando com foco principal no transporte coletivo, abordando furto, roubo, depredação do patrimônio e até casos de assédio dentro dos coletivos", disse.

O acionamento da patrulha pode ser feito pelo telefone 153. Em 2016, a linha mais assaltada foi a Trabalhador – 82 vezes vítima dos criminosos. A estação-tubo mais visada é a Coronel Luiz dos Santos, no sentido bairro, que fica na Avenida Marechal Floriano Peixoto.