Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Tubotecas recebem prêmio nacional de Design

A prefeitura de Curitiba, por meio do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), venceu o Brasil D..

Redação - 06 de dezembro de 2016, 16:51

A prefeitura de Curitiba, por meio do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), venceu o Brasil Design Award 2016, na categoria Comunicação/Promoção, com o projeto da Tuboteca – as mini bibliotecas instaladas dentro das estações-tubo que permitem que os usuários do transporte coletivo retirem livros livremente, sem qualquer controle ou prazo para devolução, na noite de segunda-feira (5), em São Paulo.

“Estamos muito felizes com mais este reconhecimento da Tuboteca, uma criação genuinamente curitibana que une design, serviço, inclusão social, cultura e humanização dos espaços e equipamentos públicos”, disse o presidente do Ippuc, Sérgio Póvoa Pires.

Este é o segundo prêmio recebido pelo projeto Tuboteca que, em janeiro deste ano, conquistou o iF Design Award 2016, mundialmente conceituado, concedido pelo International Forum Design, instituição sediada desde 1953 em Hannover, na Alemanha. Atualmente, dez estações-tubo participam do projeto: quatro na Praça Rui Barbosa, duas na Estação Central, duas na Estação Marechal Floriano (Linha Verde) e duas na Praça Carlos Gomes. Idealizado pelo Ippuc, o projeto conta com a parceria da Fundação Cultural de Curitiba (FCC) e da Urbanização de Curitiba (Urbs).

As Tubotecas

As Tubotecas são pequenas bibliotecas instaladas dentro das estações-tubo, as exclusivas estações de passageiros do transporte coletivo de Curitiba, feitas com estruturas tubulares e chapas perfuradas de aço. Criadas para incentivar a leitura entre os usuários de ônibus, são bibliotecas abertas onde as pessoas podem tomar emprestados os livros que desejam sem nenhum custo ou burocracia. Não é preciso preencher cadastro e não existe prazo para devolução. Os livros são doados pela própria Prefeitura Municipal de Curitiba, por instituições e pelos próprios cidadãos.

Antes de chegar às prateleiras, passam por uma seleção realizada pela Fundação Cultural de Curitiba. A Tuboteca tem caráter inédito e transforma um projeto de design em ferramenta de acesso a bens culturais pela população de um jeito simples e descomplicado. A primeira Tuboteca foi inaugurada em Curitiba em março de 2013. Cada Tuboteca tem capacidade para cerca de 150 livros de literatura, entre romances, contos, poesia e literatura infanto-juvenil.

Ao completar três anos, em março de 2016, as Tubotecas somavam 241 mil livros arrecadados que também ajudam a abastecer mais de 40 instituições em Curitiba e na região metropolitana. Desde 2013, foram disponibilizados 145.662 livros nas Tubotecas e foram repassadas mais de 40 mil volumes para bibliotecas comunitárias, ONGS, associações de moradores, escolas, hospitais e penitenciárias.