Grande Curitiba e Litoral
Compartilhar

Motoristas do Uber fazem carreata para pedir regulamentação do serviço em Curitiba

Uma carreata de motoristas do aplicativo Uber movimentou Curitiba na tarde desta terça-feira (11). Cerca de 200 motorist..

Fernando Garcel - 11 de abril de 2017, 16:19

Uma carreata de motoristas do aplicativo Uber movimentou Curitiba na tarde desta terça-feira (11). Cerca de 200 motoristas ocuparam as ruas da capital para pressionar o prefeito Rafael Greca (PMN) a resolver a regulamentação da atividade na cidade.

Vereadores protocolam regulamentação do Uber, mas aguardam lei federal

Os veículos saíram do estacionamento do Parque Barigui, local em que a categoria sempre organiza encontros, e seguiram até a prefeitura, no Centro Cívico. A intenção da categoria é conseguir uma reunião com o prefeito.

"Nós queremos a regulamentação dos aplicativos de transporte. Essa manifestação é para mostrar para o prefeito que a gente está vivo. É nosso direito de escolha e de querer trabalhar. A gente quer trabalhar em paz com taxistas, com a Setran e com todo mundo", declarou o motorista da plataforma da Marcelo da Versa.

"Queremos ter o direito constitucional de trabalhar. É isso que a gente espera que a prefeitura faça para que a gente possa trabalhar tranquilo. Somos pessoas de paz que estão querendo apenas o sustento da sua família", finalizou Versa.

Um projeto de lei para regulamentar a categoria foi apresentado por seis vereadores de Curitiba. De acordo com o texto, o veículo, por exemplo, pode ser motorizado ou não, pode ser próprio do motorista parceiro, arrendado, ou autorizado pelo proprietário para ser usado e será considerado um transporte “privado individual” – e não “público individual”, como são os táxis – e estará sujeito a tributos e encargos administrativos.

Taxista é preso após briga com motorista do Uber na rodoviária de Curitiba

> Taxistas pedem apoio de Moro em ato contra Uber em Curitiba

“Esperamos sim ter algumas restrições pois há vereadores que são bastante ligados aos taxistas, mas esse é um debate saudável que a Câmara tem que fazer porque também é interesse dos taxistas a regulamentação ou não da atividade. É  um debate que vamos fazer sempre pensando no direito de escolha do consumidor  e no melhor atendimento da cidade de Curitiba. Hoje já é uma realidade, milhares de pessoas já utilizam o serviço de aplicativo”, afirmou Bruno Pessuti (PSD), que protocolou o projeto.