Causas de acidente que matou Bernardo Ribas Carli começam a ser apuradas

Lorena Pelanda


A Força Aérea Brasileira e a Secretaria de Segurança Pública do Paraná começam nesta segunda-feira (23) a investigação para a apurar as causas da queda do avião que matou o deputado estadual Bernardo Ribas Carli, o piloto Laércio Tavares da Silva e o copiloto Fernando Correa de Souza.

Os técnicos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, Cenipa, ligado ao 5º Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos, devem coletar materiais para ajudar na apuração. Testemunhas também devem ser ouvidas.

O objetivo, segundo a FAB, é evitar acidentes parecidos.

Uma das hipóteses é que tenha ocorrido uma pane no motor.

Segundo a SESP, a Polícia Civil vai instaurar um inquérito policial, que vai tramitar paralelamente às apurações pelos órgãos da aviação civil.

Previous ArticleNext Article
Coordenadora de jornalismo da rádio BandNews FM Curitiba
[post_explorer post_id="538583" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]