Coronavírus
Compartilhar

Covid-19: Anvisa orienta suspensão de vacina da Astrazeneca para grávidas

Na noite desta segunda-feira (11), a Anvisa recomendou a suspensão imediata do uso da vacina AstraZeneca em grávidas. El..

Redação - 11 de maio de 2021, 07:36

Vacina Oxford/AstraZeneca para imunizacao  em profissionais de saude do Hospital de Reabilitação do Paraná que tem leitos exclusivo de combate à Covid-19.  Curitiba, 27/01/2021. Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Vacina Oxford/AstraZeneca para imunizacao em profissionais de saude do Hospital de Reabilitação do Paraná que tem leitos exclusivo de combate à Covid-19. Curitiba, 27/01/2021. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Na noite desta segunda-feira (11), a Anvisa recomendou a suspensão imediata do uso da vacina AstraZeneca em grávidas. Ela é usada no combate a Covid-19 no país.

O imunizante era aplicado em gestantes com comorbidades, mas após a orientação esse grupo só pode receber CoronaVac e a Pfizer.

SUSPENSÃO DA VACINA ASTRAZENECA EM GRÁVIDAS: ENTENDA

Conforme nota, a medida foi tomada pela Anvisa após monitoramento de eventos adversos envolvendo a vacina AstraZeneca. Apesar disso, a nota não relatou um caso de grávida  com eventos adversos.

"A orientação é que a indicação da bula da vacina AstraZeneca seja seguida pelo PNI (Programa Nacional de Imunização)."

O texto diz ainda que "o uso de vacinas em situações não previstas na bula só deve ser feito mediante avaliação individual por um profissional de saúde que considere os riscos e benefícios da vacina para a paciente."

A bula atual da vacina contra a Covid-19 da AstraZeneca não recomenda o uso da vacina sem orientação médica.