Ministério Público deve oferecer denúncia contra Manvailer nesta segunda-feira

Lorena Pelanda

tatiane spitzner manvailer paraná

O Ministério Público do Paraná tem até esta segunda-feira (06) para oferecer denúncia à Justiça contra o professor Luís Felipe Manvailer, de 32 anos. Ele é suspeito de matar a esposa Tatiane Spitzner, de 29 anos.

A advogada caiu do 4º andar do apartamento onde moravam, em Guarapuava, na região central do Paraná. O caso foi no último dia 22 de julho.

Na sexta-feira passada, com autorização da Justiça, o Ministério Público divulgou imagens de câmeras de segurança que mostram os últimos minutos de vida de Tatiane. Os registros, mostram uma série de agressões de Manvailler à vítima. Nos vídeos, Luís Felipe aparece agredindo a jovem desde o momento que chegam em frente ao prédio onde moravam, até subir no apartamento.

As imagens chocantes também mostram o exato momento da queda e Luís Felipe pegando o corpo da esposa na calçada e levando até o apartamento. Após isso, a câmera registra o momento que ele deixa o corpo dela no apartamento, limpa o sangue que sujou o elevador, troca de roupa e foge.

Ao fugir com o carro de Tatiane, Manvailer chega a passar com o veículo perto da polícia. O professor foi encontrado após bater o carro, a 340 quilômetros do local da morte.

Em nota, a defesa técnica do suspeito não citou os vídeos divulgados pela imprensa. Disse, apenas, que ainda espera o resultado de perícias no corpo de Tatiane, no apartamento, nas câmeras de segurança, smartphones, computadores e HDs apreendidos. A defesa diz, ainda, que espera a realização da simulação com a participação de Manvailler. Por fim, os advogados afirmam que qualquer posicionamento sobre o caso – seja de delegados, promotores, advogados de acusação ou de outro profissional – trata de hipóteses especulativas, baseadas em fragmentos e que destoam de comprovação técnica científica.

Luis Felipe Manvailler está preso há quase duas semanas. Ele foi indiciado por feminicídio, fraude processual, por ter alterado a cena do crime, e furto, ao ter fugido do prédio com o carro de Tatiane.

Previous ArticleNext Article
Coordenadora de jornalismo da rádio BandNews FM Curitiba
[post_explorer post_id="542520" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]