Polícia Civil alerta sobre golpe de clonagem de dados na internet

Angela Luvisotto - BandNews FM Curitiba

policia civil golpe clonagem de dados internet

O nome da Delegacia Eletrônica está sendo utilizado para aplicar golpes pela Internet. O usuário recebe um e-mail dizendo que existe um Boletim de Ocorrência registrado em nome do destinatário do e-mail e pede para que ele clique num link e informe os seus dados para poder descobrir onde comparecer para verificar a procedência do BO. Ao clicar no Link a pessoa pode ter seus dados, senhas, números de cartão de crédito, roubados.

O delegado José Barreto de Macedo Junior, da Polícia Civil do Paraná explica que a Delegacia Eletrônica e nenhuma outra delegacia do Estado faz intimações por e-mail:

 

”Informa que a Delegacia eletrônica, ela em nenhum momento ela intima pessoas, ainda mais que a delegacia eletrônica do Paraná tem como meramente receber boletim de ocorrências que são registrados de forma online, por meio, que as vitimas fazem. E ela encaminha para as unidades de todo o estado. Então se por ventura a pessoa foi informado que existe um boletim contra ela quem vai informar é a delegacia do local onde ela mora, onde o inquérito vai ocorrer”

A Polícia Civil explica também que a delegacia eletrônica tem apenas a função de lavrar os boletins online e não faz contato com nenhum cidadão:

”Evite clicar em qualquer link, caso clique a gente pede que passe um antivírus na maquina, e também ela evite colocar dados pessoais ainda mais se for encaminhado para alguma pagina que possivelmente vai ser uma paginá falsa, e que a pessoas sempre desconfiem, se realmente fosse a delegacia entrando em contato não teriam que fazer esse mistério todo, eles já teriam falado do que se tratava do que aconteceu. então e na duvida entre em contato com a delegacia da área da pessoa , porque a delegacia da .. é uma delegacia administrativa não tem nem telefone de o contato, justamente por não ter atendimento ao publico propriamente dito, é uma mera função administrativa de receber os boletins de ocorrência lavrados online pelo site da policia civil e encaminhar para as unidades de origem”

A polícia civil informa que este tipo de crime é comum e enquadrado como estelionato. Os golpistas se utilizam do nome de delegacias e órgãos públicos para obter as informações da vítima e ressalta que nenhum dado pessoal deve ser compartilhado por esse tipo de e-mail.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="684601" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]