Tribunal marca julgamento de recurso de Palocci para semana do segundo turno

Roger Pereira


O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) marcou para o dia 24 de outubro, quatro dias antes do segundo turno da eleição presidencial, o julgamento da apelação do ex-ministro Antonio Palocci no processo criminal conhecido como “ação penal das sondas”, em que o ex-ministro de Lula e Dilma é acusado de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

O julgamento será realizado pela 8ª Turma da Corte e o relator do processo é o desembargador Gebran Neto. Palocci fechou delação com a Polícia Federal (PF), homologada por Gebran Neto, mas ainda está preso.

Na semana passada, a defesa de Palocci pediu a revogação de sua prisão preventiva e redução de pena devido a sua ‘efetiva’ colaboração à polícia e à Justiça pelas revelações e provas apresentadas à Lava Jato e a outras frentes de apuração.

No pedido apresentado ao TRF4, o delator enumerou as provas apresentadas, como ‘dois contratos fictícios’, ‘e-mails’, anotações feitas em sua agenda e em uma tabela ‘que confirma como era realizada a arrecadação de vantagens indevidas’ por ele e por ‘outras pessoas mencionadas em sua colaboração’.

Também respondem a essa ação penal João Carlos de Medeiros Ferraz e Eduardo Musa, respectivamente ex-presidente da Sete Brasil e ex-executivo da empresa, Renato Duque, ex-diretor de Serviços da Petrobras, João Vaccari, ex-tesoureiro do PT, o empresário Marcelo Odebrecht e os marqueteiros de campanhas presidenciais do PT João Santana e Monica Moura, entre outros réus.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="562813" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]