Doleiro Bruno Farina está preso no Rio de Janeiro

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil

O doleiro Bruno Farina já está no Rio de Janeiro. Ele desembarcou na tarde deste sábado (29) no Aeroporto Santos Dumont. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que ele ingressou no sistema penitenciário da Seap às 19h20. Não foram divulgados mais detalhes “por questões de segurança”.

Logo que desembarcou o doleiro precisou passar por exame de corpo de delito para dar entrada no sistema prisional do estado. Farina foi preso pela Interpol na quinta-feira (27) no Paraguai onde foi ouvido pela Justiça, mas a extradição dele foi autorizada na manhã deste sábado (29) pela Corte Suprema de Justiça paraguaia.

O Departamento de Recuperação de Ativos e Cooperação Jurídica Internacional, do Ministério da Justiça do Brasil, foi informado pelo judiciário do país vizinho que Farina tinha aceitado se submeter à Justiça brasileira, renunciando qualquer tipo de apelação. Farina entrou no Brasil por Foz do Iguaçu, pouco antes das 7h, em uma operação conduzida pela Polícia Federal.

Após investigações da Operação Câmbio Desligo, que desbaratou uma complexa rede de corrupção envolvendo doleiros em vários estados brasileiros, Bruno Farina passou a ser alvo de uma ordem internacional de captura. Ele é acusado no Brasil de corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, organização criminosa e evasão.


O Ministério do Interior do Paraguai, aponta Farina como sócio de Dario Messer, que é chamado pelo Ministério Público Federal brasileiro de “doleiro dos doleiros”. A condenação pode chegar a 30 anos de prisão.

Post anteriorPróximo post