“Nada devo e sigo confiando na Justiça”, diz Beto Richa, em primeira manifestação após prisão

Roger Pereira

O ex-governador Beto Richa manifestou-se pela primeira vez na tarde desta quarta-feira após ser preso, na terça, pela Operação Rádio Patrulha, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Através de seu advogado, Luiz Fernando Pereira, Beto Richa emitiu um curto comunicado, chamado de “Mensagem ao povo paranaense”, em que diz estar sofrendo uma condenação injusta, mas seguir confiando na Justiça.

Confira a íntegra da mensagem

“Mensagem ao povo paranaense

Enfrento com serenidade e confiança qualquer acusação, mas devo dizer que eu e minha família estamos sofrendo muito com o julgamento antecipado que nos está sendo imposto. Sou um homem público há mais de duas décadas, com a mesma honradez. Tenho a consciência em paz e sei que, no devido tempo, a verdade sempre se impõe.
Garanto a você, que me conhece e para quem exerço com responsabilidade a vocação que Deus me deu: nada devo e sigo confiando na justiça.”.


Beto Richa, sua esposa, Fernanda Richa, seu irmão, José Richa Filho, e outras 12 pessoas foram alvo, na terça-feira, de mandados de prisão expedidos pela Justiça Estadual do Paraná a pedido do Gaeco, que investiga o direcionamento de licitação das Patrulhas Do Campo, programa do governo que consistia no aluguel de veículos e equipamentos para obras e manutenção das estradas rurais.

Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook