5 empresas que apoiam projetos sociais para inspirar qualquer negócio

Fazer o bem não é mais uma intenção individual, mas coletiva. Cada vez mais, empresas estão percebendo que podem ajudar ..

Redação - 20 de abril de 2019, 08:04

Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Fazer o bem não é mais uma intenção individual, mas coletiva. Cada vez mais, empresas estão percebendo que podem ajudar a transformar o mundo em um lugar melhor e apostando em projetos sociais. Seja internamente ou apoiando outras instituições, essas companhias prometem impactar de maneira positiva a sociedade. Confira cinco empresas que estão promovendo o bem!

Cielo

Considerada uma das principais empresas de crédito do país, a Cielo anualmente incentiva e patrocina projetos sociais. Ela ajuda instituições que desenvolvem ações voltadas para a saúde, educação, acessibilidade, trabalho, esporte e cultura. Além disso, a Cielo também possui alguns projetos próprios, como o Universidade Cielo. Diferentemente de uma instituição tradicional, a “escola” da empresa, na verdade, é um programa de compartilhamento de informações sobre empreendedorismo. Até pouco tempo, a universidade era apenas para os colaboradores, mas agora é aberta para todos. A empresa tem ainda um portal de voluntariado, em que pessoas interessadas podem conhecer projetos ou eventos sociais. Assim como a universidade, a plataforma foi desenvolvida para incentivar os colaboradores a fazer o bem, porém, pode ser usada pelo público externo.

Pampili

A Pampili, um das maiores marcas de calçados infantis, é parceria da ONG Plan Internacional no movimento Ser Menina. Esse projeto visa permitir que as meninas de todo o mundo possam estudar e se desenvolver, sem qualquer tipo de discriminação e violência. Internamente, a Pampili também possui ações internas voltadas para

os colaboradores, seus filhos e que se estendem para a comunidade. O Guardiões da Natureza, que é um evento para plantio de árvores nativas e o Passaporte, programa destinado para a educação emocional de jovens são exemplos disso.

Faber-Castell

Desde a década de 1930, quando a fábrica foi implantada no Brasil, a Faber-Castell possui projetos ecológicos. O resultado disso é que a marca está entre as maiores empresas que conservam recursos naturais.

Para mostrar para o público o quanto é importante a sustentabilidade, a Faber-Castell conta com um app com informações e atividades divertidas. Nele, o usuário pode colecionar animais da floresta e criar novas espécies. Além de entreter as crianças, a intenção do programa é divulgar a preocupação social da empresa.

Bosch

A Bosch possui um segmento específico para as causas sociais: Fundação Roberto Bosch. Por meio desse programa, os colabores fazem voluntariado e a empresa destina parte do dinheiro recebido em projetos. Uma das ações que fazem parte da fundação é a Escola Formare, onde jovens são capacitados para o mercado. De acordo com o site da Roberto Bosch, a instituição foca em quatro áreas: ambiente,colaboradores, projetos e sociedade.

GE

A multinacional General Electric (GE) também tem um importante papel para mudar o mundo. A empresa possui um programa global chamado GE Volunteers em que colaboradores de vários países se reúnem para fazer atividade voluntárias. Essas ações acontecem em cidades onde a empresa tem fábrica ou escritório.

No Brasil, o programa ocorre em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Salvador e mais alguns municípios.