Afonso Pena tem queda de 13% no movimento de passageiros em 2016

Redação


Com BandNews FM Curitiba

O volume de passageiros que utilizam o Aeroporto Afonso Pena, na Grande Curitiba, encolheu praticamente 13% de janeiro a outubro de 2016 na comparação com o mesmo período de 2015.

Segundo a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) foram 5,2 milhões pessoas neste ano contra 6,04 milhões no ano passado. A diferença foi de 779.950 usuários.

Paralelo a isso, a quantidade de aeronaves em trânsito pelo terminal também diminuiu. A queda foi de 13,3%, passando de 31.616 aviões em 2015 para 27.420 em 2016, ou seja, um degrau de 4.196 aeronaves.

Para o pesquisador da área de aviação, Nelson Lambach, o cenário é uma consequência da menor oferta de voos pelas companhias.

“Esse número (13%) está diretamente relacionado à queda na quantidade voos ofertados pelas companhias em nosso aeroporto. Se observarmos os destinos, isso também está relacionado aos voos para o Interior do Estado. Os destinos que sofreram os maiores cortes em números de assentos foram as cidades de Londrina, Maringá, Cascavel e Foz do Iguaçu, o que explica a diminuição no número de passageiros já que a ocupação dos voos permanece similar àquela observada em anos anteriores e as tarifas aéreas variam dentro daquilo que é a inflação praticada no país”, analisa.

A redução de voos começou no segundo semestre do ano passado. Antes disso, os reflexos ainda não eram tão significativos.

De janeiro a junho de 2015, segundo a Secretaria de Aviação Civil, foram quase 108 milhões de embarques e desembarques em todo o país – o melhor resultado da série histórica.

Um estudo da Abear, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas, com dados de 2015, indica que o paranaense faz 0,49 viagem de avião por ano. Esse número se aproxima bastante da média brasileira que, segundo a entidade, é de 0,47 viagem de avião por ano.

Previous ArticleNext Article