Com alerta de risco hídrico, Aneel anuncia energia mais cara em junho

Ricardo Della Coletta - Folhapress

tarifa de energia, conta de luz, redução, copel, luz, energia elétrica, pis, cofins, icms, empresa, comércio, indústria, bandeira vermelha, aneel

A Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) anunciou nesta sexta-feira (28) a aplicação do patamar 2 da bandeira tarifária vermelha para o mês de junho, ao custo de R$6,243 para cada 100kWh (quilowatt-hora) consumidos.

A agência citou “condições hidrológicas desfavoráveis” em maio para ativar o patamar mais caro dos sistema de bandeiras tarifárias.

“Junho inicia-se com os principais reservatórios do SIN (Sistema Interligado Nacional) em níveis mais baixos para essa época do ano, o que aponta para um horizonte com reduzida geração hidrelétrica e aumento da produção termelétricas”, disse a Aneel, que afirmou que as atuais circunstâncias atuais pressionam os preços.

LEIA MAIS: Sistema Fiep lança projeto inovador para setor do vestuário

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="767071" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]