Após queda no preço, produtores paranaenses jogam tomates e batatas no lixo

Fernando Garcel


Com BandNews FM Curitiba

A queda brusca nos preços de alguns alimentos tem feito com que muitos agricultores paranaenses joguem fora parte da produção. A situação tem se repetido especialmente com o tomate e a batata.

De acordo com o Departamento de Economia Rural do Paraná (Deral), a produção deste ano superou todas as expectativas. Além de a safra ter sido recorde, a ocorrência de chuvas nos períodos certos contribuiu para que os produtos paranaenses fossem colhidos com alto grau de qualidade.

Com muita oferta no mercado, o preço despencou. Em janeiro de 2016, um saco de 60 kg de batatas era comercializado por cerca de R$ 78,00. Agora, em 2017, o valor gira em torno de R$ 17,00. No caso do tomate, a caixa, que no ano passado saía por R$ 87,00, agora custa no máximo R$ 25,00.

Em Guarapuava, na região central do Paraná, um produtor rural jogou fora várias toneladas de batatas, em um terreno da cidade, afirmando que não compensava sequer doar as batatas. A cena revoltou os moradores, mas inspirou boas ações. Após a história ser divulgada, a unidade do Sesc de Guarapuava passou a receber doações de produtores que estavam com excesso de batatas. Os alimentos foram encaminhados para instituições cadastradas no Programa Mesa Brasil.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="410777" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]