Banco Pan sofre ataque hacker e dados de clientes são vazados

O Banco Pan sofreu ataque de criminosos que resultou no vazamento de dados cadastrais de clientes que possuem cartões de crédito da instituição

Folhapress - 15 de abril de 2022, 19:19

Divulgação
Divulgação

O Banco Pan sofreu nesta quinta-feira (14) um ataque de criminosos que resultou no vazamento de dados cadastrais de clientes que possuem cartões de crédito da instituição. O acesso às informações ocorreu devido a uma falha em uma empresa que prestas serviços de tecnologia para a central de atendimento telefônico do banco, que é terceirizada.

Nomes, telefones, CPF e endereços estão entre as informações afetadas. Os cibercriminosos também acessaram o saldo devedor e o limite disponível dos cartões.

Quanto aos dados específicos de identificação dos cartões de crédito, apenas os números mascarados foram acessados. Isso significa que eles não tiveram acesso à numeração completa do cartão nem ao código de segurança. Também não houve acesso às senhas.

Sem as informações completas, os fraudadores não conseguiriam, por exemplo, realizar saques ou compras em nome das vítimas.

O Banco Pan afirmou à reportagem que não houve qualquer prejuízo financeiro aos clientes, pois as informações essenciais para utilização dos cartões não foram acessadas.

Existem 13 milhões de cartões de crédito na base de clientes do Banco Pan. Não há informações até o momento sobre o número exato de vítimas do vazamento.

Apurações iniciais da investigação policial em curso apontam que uma parcela pequena dos clientes teve dados expostos, informou uma pessoa familiarizada com o caso.

Apenas o segmento de cartões de crédito do Banco Pan foi alvo do ataque. Outros serviços não foram afetados. Entre os produtos oferecidos pela instituição estão contas digitais, meios de pagamento (maquininhas de cartão), financiamentos e empréstimos.

Clientes que possuem cartões de crédito do Banco Pan podem tirar dúvidas pelo SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor), que funciona 24 horas pelo telefone 0800 776 8000.

Desde 2011 o Banco Pan pertence ao BTG Pactual, que comprou todas as ações de titularidade do Grupo Silvio Santos.

Não há relação entre as bases de dados de cartões vazadas do Banco Pan com informações de clientes do BTG.

Em nota divulgada na tarde desta sexta-feira (15), o Banco Pan informou ter notificado a empresa responsável pela falha para a correção imediata do problema e que contratou uma consultoria para uma análise completa da situação. A nota reforça que não houve prejuízo financeiro aos clientes. Veja o comunicado do banco:

Detectamos recentemente uma fragilidade na plataforma de um fornecedor de tecnologia, utilizada na Central de Atendimento a clientes do segmento de cartões.

Ativamos nossos protocolos de segurança, notificamos a empresa de software para imediata correção da

vulnerabilidade e contratamos consultoria especializada independente para uma análise completa.

De acordo com a apuração em curso, já foi possível constatar que não houve comprometimento de conta corrente, indisponibilidade de sistema, ou invasão à infraestrutura do Banco, tendo sido confirmado, no entanto, que a exploração da vulnerabilidade permitiu a cópia não autorizada de dados cadastrais, de limite disponível e saldo devedor, sem que tenham sido expostos dados completos de cartão, senhas ou qualquer dado que incorra em risco financeiro direto para o cliente e para o banco.

Reforçamos que a segurança das informações é nossa prioridade e todas as autoridades competentes foram notificadas.

LEIA MAIS: Ucrânia diz ter encontrado mais de 900 cadáveres na região de Kiev desde recuo russo