BNI, o gerador silencioso de negócios em Curitiba

Pedro Ribeiro


 

Instalado no Brasil há 10 anos, onde já contabiliza negócios da ordem de R$ 720 milhões e presente em Curitiba há dois anos, o BNI – Business Network International – considerado atualmente a maior e mais bem-sucedida organização de networking profissional de referências do mundo, acaba de lançar mais duas equipes na capital paranaense. O BNI concept e o BNI Plenitude, que se reúnem todas as quartas-feiras na sede da AABB.

Para quem ainda não conhece, o BNI foi criado nos Estados Unidos há 34 anos e já gerou mais de R$ 16 bilhões.  A franquia, que soma 9.150 grupos, e mais de 260 mil membros em 78 países, vem sendo considerada como case de sucesso devido ao seu modo de operar, ou seja, os empresários, sejam eles micro, pequeno ou médio, se reúnem semanalmente para troca de ideias e informações comerciais.

As pessoas reconhecem que o marketing “boca a boca” funciona, mas poucos têm uma estratégia definida para tirar proveito dele. O BNI é a oportunidade para mudar a sua atitude  em relação a isso”, afirma Ivan Mismer, seu fundador.

AVANÇO NO PARANÁ

Em Curitiba, “lançamos as duas  primeiras equipes em fevereiro de 2017 e até hoje já somos 9 equipes com 380 membros que trocam referências qualificadas de negócios semanalmente”, explica André Ribeiro, um dos diretores. Segundo ele, “os negócios na capital já movimentaram mais de R$ 60 milhões”.

Um  dos critérios do BNI é a exclusividade no ramo de atividade do empresário. Cada grupo indica apenas um empreendedor de cada ramo de atuação, ou seja, s se você leva para dentro da equipe um construtor de obras ou um contador, este grupo não pode levar um outro concorrente, porque os negócios são gerados entre os participantes do grupo ou equipe. Assim, quando existem outros interessados, são criados outros grupos.

Hoje temos equipes ativas e em formação em Curitiba, São José dos Pinhais, Pinhais, Colombo, Ponta Grossa, Campo Largo, Londrina, Maringá e Cascavel. Pretendemos, no próximo ano, passar dos mil membros no Paraná e movimentar ao todo mais de R$ 100 milhões na economia paranaense e tudo através do boca a boca, ou seja, eu indico essa empresa porque confio e criamos essa confiança porque nos encontramos uma vez por semana em nossas reuniões matinais das 6:45h da manhã às 8:30horas”, diz André Ribeiro.

Previous ArticleNext Article
Pedro Ribeiro
Pedro Ribeiro, jornalista editor-chefe do Paraná Portal