Caixa Econômica Federal pede que Justiça decrete falência da Odebrecht

Folhapress

Caixa - Odebrecht - Falência - Justiça

A Caixa Econômica Federal pediu à Justiça nesta quinta-feira (3) a liquidação do conglomerado de construção Odebrecht, de acordo com documento judicial ao qual a agência de notícias Reuters teve acesso.

A Caixa também quer que o juiz permita aos credores nomear novos administradores para o conglomerado e suas subsidiárias em uma assembleia. A Odebrecht, que pediu recuperação judicial em junho, apresentou um plano de reestruturação que foi contestado por muitos credores.

Na semana passada, a Caixa havia pedido à Justiça a extinção da recuperação judicial do grupo baiano Odebrecht, alegando a existência de irregularidades técnicas no processo. A petição foi protocolada na 1ª Vara Cível de Recuperações e Falências de São Paulo nesta segunda-feira (23).

No documento, ao qual o jornal Folha de S.Paulo teve acesso, o banco estatal alega que a recuperação judicial da Odebrecht “não tem condições de prosseguir”, porque os credores não dispõem das informações necessárias para avaliar o plano apresentado pela empresa.

Sem condições de pagar dívidas que somam R$ 98,5 bilhões, a holding Odebrecht S.A e outras 21 empresas controladas pediram, em junho deste ano, a suspensão de ações e execuções para evitar a falência.

Previous ArticleNext Article