Carnaval em Curitiba: mais de 80% dos comerciantes pretendem manter portas abertas

Redação

Covid-19: Curitiba chega a marca de 25 mil casos no 154° dia da pandemia

De acordo com a ACP (Associação Comercial do Paraná), 81% dos comerciantes da Rua XV de Novembro pretendem manter seus estabelecimentos abertos durante o Carnaval.  Apenas 2% responderam que fecharão suas lojas e 17% se disseram ainda indefinidos.

A recomendação da associação é para que os lojistas mantenham as portas abertas, seguindo a decisão dos órgãos públicos que tiveram o ponto facultativo cancelado.

Conforme o presidente da entidade, “sem festas, sem desfiles, o melhor mesmo é manter a rotina e evitar aglomerações. O comerciante que quiser tem a oportunidade de faturar alguma coisa neste período em que, numa situação normal, tudo estaria fechado”.

ACP tem feito seguidas campanhas junto aos seus associados para que sejam rigorosos no cumprimento dos protocolos sanitários. “O comércio é um ambiente controlado, seguro e frequentemente fiscalizado pelas autoridades. Sempre defendemos que a vida tinha que fluir naturalmente, obviamente com distanciamento, cuidados, uso de máscaras, etc. Nada de fecha tudo, mas sim bom senso. Vale agora mais do que nunca a responsabilidade individual, tanto na hora de tocarmos a rotina de trabalho, afazeres, compras, quanto na hora do lazer”.

Previous ArticleNext Article