Cartões de crédito das instituições financeiras cooperativas têm menores taxas do mercado

O juro cobrado no rotativo do cartão de crédito pelas instituições financeiras cooperativas pode ser uma vantagem para q..

23 de março de 2017, 08:12

O juro cobrado no rotativo do cartão de crédito pelas instituições financeiras cooperativas pode ser uma vantagem para quem precisa de recursos. Enquanto os bancos tradicionais operam com uma média de 17% ao mês, cooperativas como o Sicredi cobram cerca de 8% ao mês, em média. Até mesmo as fintechs utilizam uma taxa máxima de juros na casa dos 14% - acima das praticadas pelas cooperativas.

"Como nós não visamos lucro e temos como missão oferecer as melhores soluções para nossos associados, a preços justos, conseguimos atuar com taxas bem menores", destaca o gerente de desenvolvimento de negócios da Central Sicredi PR/SP/RJ, Jairson Belisario.

Outra vantagem das instituições financeiras cooperativas é a anuidade, em média, 30% mais barata que a dos bancos tradicionais. "E isso sem nenhum tipo de desvantagem, pois oferecemos os mesmos benefícios das bandeiras e programas de recompensa, como Multiplus, Smiles e Tudo Azul", reforça.

Outro diferencial é o cartão Sicredi MasterCard Black, dirigido a associados que valorizam experiências exclusivas e percebem valor em benefícios direcionados a viagens, gastronomia, lazer e entretenimento. Além desse, a instituição financeira cooperativa oferece os cartões Touch (destinado ao público jovem), Gold e Platinum, das bandeiras MasterCard e Visa.