Cesta básica sobe 4,8% em Curitiba, aponta Dique Economia

Redação

cesta básica, curitiba, paraná, inflação, aumento, preço, alimentação, custo, covid-19, coronavírus

O custo da cesta básica aumentou 4,8% em Curitiba durante o mês de março. Parte do aumento foi atribuída à crise causada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O levantamento foi realizado pelo Disque Economia, ligado à prefeitura.

Conforme a SMSAN (Secretaria Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional), foram analisados os preços de 45 itens básicos em 17 supermercados.

O valor médio, que era de R$ 414,26 no dia 9, subiu para R$ 434,15 no dia 18.

“Dos 45 itens pesquisados, 32 tiveram altas, com destaque para produtos como papel higiênico e leite longa vida. Além disso, foram registrados aumentos em feijão carioquinha, café solúvel, farinha de trigo e arroz parboilizado”, afirmou o secretário de Segurança Alimentar e Nutricional, Luiz Gusi.

De acordo com o secretário, alguns desses produtos são os de maior procura nos mercados. Parte do aumento na demanda, de acordo com a pesquisa, aconteceu devido aos casos do novo coronavírus em Curitiba.

Previous ArticleNext Article