Confiança do consumidor volta a crescer em junho, diz FGV

Crescimento ocorre após queda de 3,1 pontos de abril para maio, segundo levantamento mensal da Fundação Getúlio Vargas.

Victor Abdala - Repórter da Agência Brasil - 26 de junho de 2022, 08:00

Arquivo/Tânia Rego/Agência Brasil
Arquivo/Tânia Rego/Agência Brasil

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC), medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), registrou alta de 3,5 pontos em junho deste ano na comparação com o mês anterior.

O crescimento do indicador veio depois de uma queda de 3,1 pontos de abril para maio.

Com o resultado, o ICC atingiu 79 pontos, em uma escala de 0 a 200 pontos, o melhor resultado desde agosto do ano passado (81,8 pontos).

O Índice de Situação Atual (ISA), que mede a percepção do consumidor brasileiro no presente, subiu 1,3 ponto e chegou a 70,4 pontos, melhor resultado desde julho de 2021 (70,9 pontos).

Já o Índice de Expectativas (IE), que mede a confiança no futuro, cresceu 4,9 pontos e atingiu 85,9 pontos, ficando ainda abaixo de abril (86,1 pontos).