Confiança industrial volta a cair após cinco meses de alta

Redação

indústria IBGE

A Confiança do Empresário Industrial (ICEI) registrou 67,4 pontos no mês de novembro, apresentando a primeira queda nos últimos cinco meses do levantamento.

Os dados são da CNI (Confederação Nacional da Indústria) e da Fiep (Federação das Indústrias do Estado do Paraná).

Segundo os órgãos, o crescimento dos índices de contaminação, a possibilidade do retorno de medidas restritivas e a incerteza na manutenção dos auxílios emergenciais pagos pelo Governo Federal são os principais motivos dessa queda.

O índice ICEI é formado por dois indicadores: condições e expectativas. A maior queda foi justamente no primeiro indicador, que caiu de 66,2 pontos para 63,7 pontos. Já as expectativas tiveram leve queda de 69,5 pontos para 69,2 pontos.

“O pensamento do industrial já está focado no planejamento para 2021. A possibilidade de uma nova paralisação das atividades, a exemplo do que já vem ocorrendo na Europa e em alguns países da Ásia, principalmente neste momento em que o setor está em ritmo de recuperação, pode ter influenciado a percepção do empresário na pesquisa”, explicou o economista da Fiep, Evânio Felippe.

LEIA MAIS: Vereadores aprovam regime de urgência para reajuste do funcionalismo municipal

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="730717" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]