Coreia do Sul desiste de suspender importação de carne brasileira, diz Temer

O presidente Michel Temer disse hoje (21) que foi informado de que a Coreia do Sul voltou atr√°s na decis√£o de suspender ..

Mariana Ohde - 21 de março de 2017, 10:03

O presidente Michel Temer disse hoje (21) que foi informado de que a Coreia do Sul voltou atr√°s na decis√£o de suspender a importa√ß√£o de carne brasileira em fun√ß√£o das den√ļncias apontadas pela Opera√ß√£o Carne Fraca, de irregularidades na fiscaliza√ß√£o de frigor√≠ficos. A opera√ß√£o foi deflagrada na sexta-feira (17).

‚ÄúHoje tive uma boa not√≠cia, que a Coreia do Sul, que antes havia pensado em suspender, hoje eliminou a suspens√£o. Exata e precisamente, penso eu, em fun√ß√£o da pronta resposta e dos esclarecimentos das autoridades brasileiros‚ÄĚ, disse o presidente durante discurso de abertura da Confer√™ncia das Cidades Latino-Americanas 2017, em Bras√≠lia. Temer disse ainda que n√£o tem todos os detalhes da nova posi√ß√£o do governo sul-coreano.

O presidente destacou que j√° determinou a cria√ß√£o de uma for√ßa-tarefa para apurar as irregularidades e lembrou das medidas j√° adotadas para evitar preju√≠zos ainda maiores para a economia. ‚ÄúOs funcion√°rios ontem mesmo foram dispensados pelo ministro da agricultura, Blairo Maggi‚ÄĚ.

Temer citou novamente n√ļmeros que, segundo ele, d√£o a real dimens√£o dos problemas apontados pela opera√ß√£o da Pol√≠cia Federal: ‚ÄúTemos cerca de 4.383 frigor√≠ficas. Destes, apenas tr√™s tiveram suas atividades suspensas em face das investiga√ß√Ķes; e 19 s√£o objeto de investiga√ß√£o. O minist√©rio tem 11.300 servidores e apenas 30 s√£o investigados. Parte deles, j√° demitida‚ÄĚ, reiterou o presidente.

Al√©m disso, acrescentou ele, ‚Äúnesses √ļltimos seis meses tivemos 860 mil partidas de prote√≠nas animais para o exterior. Apenas 184 foram reavaliadas, n√£o por quest√Ķes sanit√°rias mas por problemas de embalagem e coisas do tipo‚ÄĚ, completou.

A Confer√™ncia das Cidades Latino-Americanas 2017 re√ļne em Bras√≠lia autoridades, investidores, executivos de empresas para debater as perspectivas brasileiras em rela√ß√£o √† economia, ao com√©rcio, √† infraestrutura e √† agenda de investimento.