Crescimento do PIB da Agropecuária poderia ser maior, segundo Maggi

O crescimento de 13,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da Agropecuária, no primeiro trimestre deste ano em relação ao ant..

Mariana Ohde - 05 de junho de 2017, 08:40

O crescimento de 13,4% do Produto Interno Bruto (PIB) da Agropecuária, no primeiro trimestre deste ano em relação ao anterior, é a recuperação do que foi perdido no ano passado, disse Blairo Maggi (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), ao comentar o resultado divulgado nesta quinta-feira (1º) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O PIB do Brasil avançou 1% no período, na comparação com o quarto trimestre de 2016, puxado pelo setor. A agropecuária registrou a maior expansão em mais de 20 anos - desde o quarto trimestre de 1996.

De acordo com Maggi, o bom desempenho da agropecuária tem reflexos em todo a economia. “Indiretamente, a agricultura impulsiona a economia porque tem um volume maior de produção. Até com preços menores que o ano passado. Se tivéssemos mantido os mesmos preços do mercado internacional de 2016 com a produção que temos, talvez alcançássemos um crescimento em torno de 17%”.

Supersafra

A safra recorde de grãos 2016/2017 ajudou a impulsionar o resultado. O clima favorável é o principal fator para o aumento da produção. A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima uma produção de 232 milhões de toneladas de grãos neste ciclo agrícola.

“Foram mais de 30 milhões de toneladas de grãos que perdemos no ano passado por problemas de frustração de clima”, assinalou o ministro. “Quando você tem maior volume de mercadoria, há mais fretes, aumento do consumo de combustíveis e pneus, mais pessoas empregadas e maior procura por serviços".