Curitibano revoluciona mercado de molhos para churrasco

Um a receita que um tio fazia nos Natais está virando sensação nos churrascos curitibanos. Trata-se dos molhos e especia..

Redação - 24 de setembro de 2016, 06:54

Um a receita que um tio fazia nos Natais está virando sensação nos churrascos curitibanos. Trata-se dos molhos e especiarias de uma empresa paranaense, em que Emerson Diogo Santos, sobrinho do “tio Gonzalo”, viu um mercado muito atraente e inovador, e que vem tomando conta dos churrascos “gourmetizados” do estado.

A história de Emerson começa com seu tio Nenê, que carregava o apelido de Gonzalo. Açougueiro por 40 anos, ficava por conta dele o churrasco de final de semana na família Santos. Aos poucos toda aquela festa foi sendo esquecida, mas o aroma e o sabor das carnes que o tio Nenê – Gonzalo preparava ficaram na memória de Emerson, que um dia tentou fazer a receita.

“Não sei como nem de onde surgiu a receita, mas sabia que a base era o chimichurri”, disse o proprietário da empresa. A partir dali, Emerson tratou de viajar para conhecer melhor o produto que pensava em oferecer ao público, e depois de viagens a Argentina e Uruguai, berços do churrasco, ele enfim montou sua primeira receita.

Hoje a empresa conta com três tipos de tempero, uma fumaça líquida que deixa a carne com um sabor especial, e até uma cachaça premium. Com a produção chegando a outras capitais como São Paulo e Florianópolis, a tendência é que novos molhos apareçam, fazendo que a marca paranaense e inovadora conquiste novos mercados.