Dívida pública terá crescimento recorde para 98% do PIB em 2020, diz governo

Fábio Pupo - Folhapress

PIB, economia, Brasil, balanço, governo, governo federal, crise, crise economica, coronavírus, covid19, pandemia

O Ministério da Economia elevou a projeção da dívida bruta do governo de 77,9% para 98,2% do PIB em 2020. O crescimento na estimativa ocorre devido às medidas anticrise do coronavírus.

“O endividamento público brasileiro alcançará um novo patamar, que exigirá um esforço fiscal no médio prazo ainda maior do que se buscava antes da crise”, afirma o Ministério em relatório.

A dívida líquida do setor público, considerada por economistas como um indicador mais abrangente por considerar a situação de governos regionais e também os ganhos com ativos como as reservas, passou de 58,4% do PIB para 69,9%.

As medidas anticrise do coronavírus demandam até agora R$ 521,3 bilhões no ano. Com isso, o rombo nas contas do setor público neste ano deve ficar em R$ 828,8 bilhões, o equivalente a 12% do PIB.

Previous ArticleNext Article