Dólar fecha em leve alta, acompanhando o exterior

Mariana Ohde


Confira o boletim de abertura de mercado desta terça-feira (16), com o superintendente regional de câmbio da SLW, João Paulo de Gracia Corrêa:

O dólar operou em baixa durante quase todo o pregão de ontem, em linha com o desempenho da moeda americana no exterior ante as divisas emergentes. A alta do preço do barril de petróleo, com a expectativa de um acordo para o congelamento da produção dos países membros da OPEP, e a percepção de que o FED não eleve os juros nos Estados Unidos tão cedo, ampararam a desvalorização do dólar globalmente. Aqui, a moeda norte-americana recuperou as perdas vistas durante a sessão e no final do pregão fechou com leve alta de 0,09%, cotada em R$ 3,1876, com investidores recompondo posições compradas.

Com a agenda local fraca de indicadores, os investidores voltam suas atenções para os números de inflação e produção industrial a serem divulgados pela manhã nos Estados Unidos. A divulgação dos dados deve nortear as apostas para a política monetária americana. Caso os resultados venham positivos, podem esfriar as apostas de adiamento de alta de juros pelo FED. Os futuros americanos operam em leve queda em meio ao rali do petróleo, que subia discretamente após cair durante a madrugada. As principais bolsas europeias também operam no negativo após a divulgação do índice ZEW de expectativa econômica da Alemanha, que subiu 0,5 em agosto, depois de cair a -6,8 em julho, porém abaixo da previsão dos analistas de +2,0. O dólar segue perdendo para a maioria das moedas fortes e emergentes. Internamente, o dólar deve seguir o comportamento externo da divisa americana no exterior e abrir em queda.

Acompanhe os dados do mercado em www.slw.com.br

Previous ArticleNext Article
Repórter no Paraná Portal
[post_explorer post_id="379149" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]