Elon Musk suspende compra do Twitter, mas não desiste do negócio

Bilionário declarou a suspensão da compra após falta de informações sobre contas falsas. No entanto, ele disse que ainda está comprometido com o negócio.

Redação - 13 de maio de 2022, 14:19

(Foto: Reprodução/YouTube)
(Foto: Reprodução/YouTube)

O bilionário Elon Musk afirmou nesta sexta-feira (13) que a compra do Twitter está suspensa, de modo temporário. No entanto, ele não desistiu do negócio e disse que ainda está comprometido em ser novo dono da rede social. 

Na parte da manhã, Musk declarou a suspensão da compra após pendências em detalhes sobre a quantidade de contas falsas.

No início deste mês, o Twitter estimou que contas falsas ou de spam representavam menos de 5% de seus usuários ativos diários.

"O acordo do Twitter está temporariamente suspenso por pendências em detalhes que sustentam que contas falsas de fato representam menos de 5% dos usuários", afirmou Elon Musk.

Horas depois, o homem considerado como o mais rico do mundo falou que o interesse permanece: "Ainda comprometido com a compra".

A declaração de Elon Musk fez as ações do Twitter caírem 19% em negociações pré-mercado em Nova York. Com a queda, foi atingido o nível mais baixo desde que Musk divulgou sua participação na empresa no início de abril, segundo a agência Reuters.

ELON MUSK FEZ ACORDO BILIONÁRIO PARA A COMPRA DO TWITTER

No dia 25 de abril, Elon Musk e o Twitter anunciaram um acordo bilionário para a compra da rede social, por US$ 44 bilhões. O valor equivale a cerca de R$ 215 bilhões.

O Twitter foi lançado nos Estados Unidos em 2006 por Jack Dorsey, Evan Williams, Biz Stone e Noah Glass com o objetivo inicial de funcionar como o "SMS da internet". A principal característica da rede é o compartilhamento de mensagens curtas, com o fio-condutor sendo a pergunta "What's happening?", traduzido para o português como "O que está acontecendo?". 

A rede social tem, ainda, funções como retweet (compartilhar um outro tweet) e a curtida deles. Atualmente, são cerca de 220 milhões de usuários ativos, sendo 20 milhões deles do Brasil

Em um pronunciamento na própria rede social, ele chegou a dizer que "o Twitter é a praça da cidade digital onde assuntos vitais para o futuro da humanidade são debatidos".

QUEM É ELON MUSK, NOVO DONO DO TWITTER

Elon Musk nasceu no dia 28 de junho de 1971, na África do Sul. Além de ser sul-africano, tem nacionalidades canadense e estadunidense.

Atualmente, é CEO da fabricante de sistemas espaciais SpaceX e da automotiva Tesla. É considerada a pessoa mais rica do mundo, com um patrimômio de US$ 219 bilhões, cerca de 1 trilhão de reais.

Em março deste ano, o bilionário comprou ações do Twitter e questionou princípios relacionados à liberdade de expressão. Já em abril, ele se tornou o maior acionista da empresa, com 9,2%, até chegar à compra definitiva da rede nesta segunda-feira (25).