Empresa curitibana recebe investimento da Harvard Angels

Redação e Assessoria


Em tempos em que a inovação no mercado está em alta e todos os dias surgem novas startups é difícil se destacar sem uma ideia mirabolante, certo? Errado! É o que mostra a Celero, empresa de Curitiba que buscou no simples, uma das maiores inovações do mercado de automação financeira.

Com a proposta de ajudar a gestão financeira de pequenas e médias empresas sendo um departamento financeiro terceirizado que utiliza a automação e inteligência artificial, a Celero vem numa crescente constante e agora dará um salto ainda maior. Foi escolhida entre o seleto grupo de empresas com alto potencial de crescimento apoiadas pela Harvard Business School Alumni Angels of Brazil (HBSAAB).

“Entramos numa fase de amadurecimento do nosso negócio esse ano e decidimos captar inicialmente com a Harvard justamente por eles serem criteriosos. É uma instituição global, com sede no Brasil e que em todo o mundo apoia pouco mais de 100 instituições. Entendemos que ter eles como nossos investidores anjo nos credencia para conversar com os principais fundos de venture capital em um segundo momento. Estamos muito felizes de contar com uma instituição de peso no nosso lado e confiantes para o futuro”, comenta João Tosin, CEO da Celero.

A empresa que foi avaliada pela HBSAAB em R$ 10 milhões, já está sendo acelerada pelas duas maiores instituições de apoio ao empreendedorismo no Brasil, a Endeavor e o Sebrae, desde março de 2018. Com todo esse processo de aceleração, a Celero cresceu 80% entre 2017 e 2018. Agora, com o novo aporte, prevê um crescimento ainda mais expressivo em 2019. A expectativa é de aumentar a carteira de clientes em oito vezes e ajudar mais empresas a conquistarem o sucesso financeiro.

“Desde que conheci a Celero fiquei extremamente bem impressionado. Primeiro pela solução que resolve um problema recorrente em pequenas e médias empresas, que é a gestão financeira. Fui por 20 anos do Sebrae e vi por muitas vezes empresas morrerem por esse motivo. Depois, porque vi nos empreendedores o brilho no olhar que a gente busca em projetos para investir. Hoje sou também parte do conselho, pois tenho certeza que a Celero será a grande estrela da minha carteira. Eu percebo um autêntico desejo de transformação e uma brutal vontade associada à uma capacidade de realização. Se conseguimos diminuir a mortalidade das PME do país, a Celero se transforma em um projeto de vida pelo qual vale a pena se dedicar para fazer a diferença no mundo”, Allan Marcelo Costa, palestrante, investidor e membro da HBSAAB.

85% dos pequenos empresário não sabem o que é gestão financeira

Segundo uma pesquisa do Sebrae e IBGE os números são alarmantes em relação à saúde financeira das empresas brasileiras. Segundo o estudo, 85% das empresas desconhecem o que é gestão financeira e 60% fecham as portas em cinco anos. Para se ter uma ideia, em 2016, 74% das empresas que fecharam suas portas não acompanhavam suas finanças rigorosamente.

“Foi acreditando que a gente poderia fazer a diferença frente a essa realidade é que a Celero surgiu. Nosso propósito é salvar pequenas e médias empresas da falência e temos um grande mercado. A maioria não sabe nem o que significa gestão financeira. Como o Ricardo Amorim mesmo já afirmou, o Brasil é um país de analfabetos financeiros. As pessoas não entendem de dinheiro e abrem negócios para ganhar dinheiro. É obvio que dá errado. A Celero vai além da gestão de forma simples, rápida e descomplicada. Oferecemos a análise do fluxo e de como a empresa pode melhorar. Queremos deixar o empresário com tempo para o que ele tem que fazer, que é focar no seu negócio”, explica João Tosin.

Empresas que utilizam a plataforma da Celero apresentam um ganho de 50% a 60% a mais de tempo e uma redução de cerca de 50% no custo operacional com o financeiro.

“O principal benefício ao utilizar a Celero foi que eu consegui focar o trabalho de dois setores em um setor só. Usávamos 50 horas por mês para fazer o financeiro e hoje levamos apenas 13 horas. Essa economia de 37 horas de trabalho significa pra gente seis processos a mais por mês”, Cynthia de Goes, sócia-diretora da Labor Contabilistas.

Como funciona?

Basicamente a Celero funciona como um departamento financeiro da empresa, porém terceirizado. A grande diferença é que utiliza a automação e inteligência artificial para dar autonomia e facilitar a vida do empresário. Com a união de uma equipe altamente qualificada com o software próprio, a Celero oferece uma solução personalizada, que resolve o problema do cliente, não apenas automatiza.

Toda a gestão é feita pela plataforma, que não depende do cliente inserir os dados manualmente, isso é feito automaticamente por leitura dos documentos, boletos financeiros. Basta tirar uma foto dos boletos, por exemplo, que a plataforma já faz a leitura e programa pagamentos por meio de inteligência artificial. Inclui contas a pagar, a receber, fluxo de caixa.

“Oferecemos uma solução completa, com informações e análise personalizada de fluxo de caixa para que o empresário faça suas tomadas de decisões financeiras com consciência. De forma mais rápida e econômica do que manter um departamento só para isso”, finaliza Tosin.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="588530" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]