Exportações de carga geral aumentam 7% nos portos do Paraná

Depois dos granéis sólidos, o segmento de carga geral é o que mais movimenta os portos paranaenses de Paranaguá e Antonina.

Redação - 18 de junho de 2022, 07:50

Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná
Foto: Claudio Neves/Portos do Paraná

A exportação de carga geral nos portos paranaenses de Paranaguá e Antonina registrou alta de quase 12% no mês de maio. Foram embarcadas 757,6 toneladas de produtos, volume superior às 653,6 toneladas do mesmo mês no ano passado.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, o aumento registrado foi de 7% em relação ao mesmo período do ano passado. De janeiro a maio, os operadores carregaram 3.410.844 toneladas de mercadoria. Em 2021, no mesmo período, foram embarcadas 3.187.361 toneladas.

Depois dos granéis sólidos, o segmento de carga geral é o que mais movimenta os portos paranaenses. São cargas em contêineres e veículos, além de produtos em sacas, fardos ou unidades, carregados direto nos porões dos navios.

“O que temos observado nesse segmento é que – além do aumento – também estão ficando mais diversificados os produtos de carga geral embarcados por aqui”, diz o diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia.

Em 2021, de janeiro a maio, além do açúcar em sacas, celulose, veículos e contêineres, no sentido exportação houve apenas o embarque de pás-carregadoras. Neste ano, ainda foram carregados produtos como bobinadoras-esticadoras, carrocerias para veículos, farinha de milho (sacas), madeira, papel e painéis de fibras de madeira.

“Em especial, esses últimos produtos, ou seja, a madeira e os derivados, são itens que voltam a ser embarcados em navios de carga geral”, afirma Garcia.

DESTAQUES

O volume de carga exportada em contêineres subiu 8,16%, passando de 2.472.711 toneladas nos cinco primeiros meses de 2021 para 2.674.448 toneladas neste ano.

O aumento registrado no embarque da celulose foi ainda maior: 18%. Enquanto de janeiro a maio no ano passado foram carregadas 278.216 toneladas do produto, neste ano foram 328.320 toneladas.

Fonte: Portos do Paraná

O terceiro produto mais exportado, no segmento, foi o açúcar em saca: 268.897 toneladas embarcadas, cerca de 109 mil toneladas a menos que no ano passado.