Fabio Aguayo quer extinção do Conselho do Litoral

Pedro Ribeiro


 

A Federação das empresas ligadas ao turismo no Paraná acaba de pedir ao governador Ratinho Júnior a extinção do Colit (Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral). Em ofício enviado ao governador e assinado pelo vice-presidente da entidade, Fabio Aguayo, a Feturismo (Federação das Empresas de Hospedagem, Gastronomia, Entretenimento e Similares do Estado do Paraná) diz que, com a extinção do órgão, o litoral paranaense “passará por um verdadeiro crescimento, expansão e integração da comunidade litorânea paranaense”.

O Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense – Colit – órgão criado pelo Governo do Estado em 1984 e que tem por missão a orientação de políticas referente às questões econômicas, sociais e ambientais, uso, parcelamento e ocupação do solo na região do litoral do Estado.

O Colit também tem a missão de prevenção e controle da poluição, a gestão dos recursos naturais, a proteção das Áreas e Locais declarados de Interesse e Proteção Especial, o patrimônio histórico, paisagístico, arqueológico ou pré-histórico e outros de interesse regional, definidos em Leis Federal, Estadual e Municipal.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="587913" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]