Fiep, uma gestão que prioriza a educação

Sistema Fiep lança oitava edição do Prêmio Jornalista e anuncia a inauguração da Primeira Escola de Referência da Indústria no Brasil.

Pedro Ribeiro - 03 de agosto de 2022, 11:46

Foto/Divulgação / Sistema Fiep
Foto/Divulgação / Sistema Fiep

 

A gestão, hoje, do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), com o empresário maringaense, Carlos Valter Martins Pedro, na presidência, é bem diferente das administrações anteriores.

Antes - e eu acompanhei, como repórter, pelo menos 10 gestões ou mais - era evidente a presença onipotente de seus presidentes – a maioria -  priorizando o culto ao personalismo. O poder político acima de tudo.

Hoje o Sistema Fiep está voltado exclusivamente no efetivo desenvolvimento da indústria, apoio ao industrial e principalmente na melhoria de vida dos trabalhadores na indústria. É o que afirma Carlos Valter, que dá atenção especial à educação.

Exemplo da prioridade na área educação, na formação técnicas de trabalhadores na indústria e novos empreendedores, foi apresentado nesta terça-feira, onde o Sistema Fiep anunciou a Primeira Escola Sesi de Referência da Indústria no Brasil, a ser inaugurada dia nove em São José dos Pinhais.

Segundo Carlos Valter, o projeto da escola teve um investimento de R$ 10 milhões e sua capacidade é para atender mais de mil alunos do ensino médio. Nas disciplinas, Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática. São 14 salas de aulas temáticas, ou ambientes de aprendizagem.

O objetivo desta escola, segundo coordenadores do projeto, é inspirar o aluno a tornar-se protagonista do seu futuro, trazendo os cinco elementos do DNA STEAM (metodologias) investigar, descobrir, conectar, criar e refletir.