Gás de cozinha está mais caro ao consumidor

Redação


O botijão do gás de cozinha está mais caro em todo o país. A medida passou a valer nesta segunda-feira (25). O aumento de 4% do gás liquefeito de petróleo (GLP) foi anunciado na última sexta-feira pela Petrobras.

Esse é o segundo aumento consecutivo em um mês. No dia 21 de outubro, foi anunciado um reajuste entre 4,8% e 5,3%. Já a elevação do GLP empresarial variou de 2,9% a 3,2%.

Com os aumentos, o gás de cozinha tem alta acumulada de quase 5% neste ano.

No preço final ao consumidor, o distribuidor pode incluir ainda o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), Programa de Integração Social (PIS) e Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) e Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins). Além disso, mão de obra, logística e margem de lucro também podem ser aplicados no valor.

Previous ArticleNext Article