Inadimplência atinge 9,4 milhões de jovens no Brasil, diz Serasa

Andreza Rossini


Os jovens, entre 18 e 25 anos, representavam 15,7% da inadimplência no Brasil em março deste ano, de acordo com uma pesquisa inédita realizada pela Serasa Experian. São cerca de 9,4 milhões de pessoas com dívidas atrasadas dentro desta faixa etária, que ocupa o segundo lugar no ranking de brasileiros negativados.  De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), no primeiro trimestre do ano, a taxa de desemprego da população de 18 a 24 anos ficou em 24,1%, representando um crescimento de 6,5 pontos percentuais em relação ao mesmo período do ano passado.

A faixa etária entre 41 e 50 anos concentra atualmente a maior parte da inadimplência (19,1%), no entanto, o grupo de jovens é o que mais apresentou crescimento nos últimos trimestres, de acordo com a Serasa.

Segundo os economistas da Serasa Experian, o crescimento do desemprego e a alta da inflação e dos juros impactaram diretamente na quantidade de jovens com dívidas atrasadas no país. Além disso, a falta de experiência deles no crédito e a maneira mais impulsiva na hora de fazer compras também contribuem para esse resultado.

Veja a tabela:

inad_jovens_maio

Os jovens representam uma fatia significativa dos 60 milhões de brasileiros inadimplentes, segundo dados da Serasa Experian. É a maior marca já registrada pela empresa desde que iniciou a medição, em 2012, quando pela primeira vez a quantidade de inadimplentes atingiu 50,2 milhões de pessoas.

Previous ArticleNext Article