Indústria paranaense cresce 1,3% em fevereiro, segundo IBGE

Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em comparação ao mês anterior, divulgados nesta sexta-feira (8). 

AEN - 08 de abril de 2022, 13:30

(Foto: AEN)
(Foto: AEN)

A indústria paranaense cresceu 1,3% em fevereiro deste ano em comparação ao mês anterior. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta sexta-feira (8). 

Com esse índice, o Paraná alcançou crescimento acumulado de 7,5% nos últimos doze meses, num comparativo de março de 2021 a fevereiro de 2022 em relação a março de 2020 e fevereiro de 2021, intervalo entre a chegada e os primeiros picos da pandemia.

Esse é o terceiro maior aumento do país, atrás apenas de Amazonas (8,9%) e Minas Gerais (8%). A média nacional nesse recorte é de 2,8%.

Os principais impactos positivos meses foram produtos de madeira (20,5%), máquinas e equipamentos (44,8%), automóveis, reboques e carrocerias (28,6%) e produtos de minerais não-metálicos (8,9%). No mês, os principais motores foram fabricação de bebidas, veículos automotores e máquinas e equipamentos.

Na comparação com fevereiro de 2021, a indústria paranaense apresentou recuo de 0,9%, dentro da tendência nacional, que registrou redução de 4,3%. Oito dos 15 locais pesquisados tiveram taxas negativas. No acumulado do ano, o resultado estadual aponta recuo de 2,7%, ante queda de 5,8% na junção de todas as unidades federativas.