IRPF 2022: metade das declarações paranaenses já foram entregues

Até às 16 horas de sexta-feira (29), o Imposto de Renda foi declarado por 1.108.826 pessoas. O total esperado é de 2.220.000 envios.

Redação - 30 de abril de 2022, 18:00

(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)
(Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil)

O prazo para a entrega do IRPF 2022 (Imposto de Renda da Pessoa Física) termina no dia 31 de maio. De acordo com a Receita Federal, quase metade das declarações paranaenses esperadas já foram entregues.

Até às 16 horas de sexta-feira (29), o Imposto de Renda foi declarado por 1.108.826 pessoas. O total esperado é de 2.220.000 envios.

DECLARAÇÕES DO IRPF 2022 ENTREGUES NO BRASIL

Segundo a Receita Federal, também até às 16 horas de sexta-feira, 29 de abril, foram entregues 17.871.149 declarações do IRPF 2022 (Imposto de Renda da Pessoa Física), referente ao ano de 2021.

A expectativa é que 34.100.000 declarações brasileiras sejam enviadas até o final do prazo. Quem não realizar o envio, terá que pagar uma multa de 1% ao mês sobre o valor do imposto de renda devido, limitado a 20% do valor do imposto de renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74.

A multa é gerada no momento da entrega da declaração do IRPF 2022. A notificação de lançamento fica junto com o recibo de entrega, com o prazo máximo de 30 dias para pagá-la.

Após este prazo, começam a ser acrescidos juros relacionados à taxa Selic. O DARF da multa pode ser emitida pelo programa do imposto de renda ou pelo e-CAC, na opção Meu Imposto de Renda.

Para declarações com direito à restituição, se a multa não for paga dentro do
vencimento, ela será descontada, com os respectivos juros, do valor do imposto a ser restituído.

Em casos de discordância da emissão da multa, é possível apresentar um recurso para a impugnação dela, dentro do prazo máximo de 30 dias.