Jovens empreendedores terão linhas de crédito com juros reduzidos no Paraná

Redação

microempreendedor, microempreendedorismo, mei, meis, prioridade, contratos, contrato, prefeitura, curitiba, cmc, câmara municipal de curitiba

O Paraná apresentou nesta segunda-feira (16) o programa Jovem Empreendedor, que oferece linhas de crédito com juros reduzidos e visa facilitar o desenvolvimento de negócios para pessoas entre 18 a 29 anos.

A iniciativa é uma parceria entre a Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, do Governo do Estado, o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) e a Fomento Paraná.

Os créditos disponibilizados no Jovem Empreendedor variam segundo o perfil da empresa. Para as microfinanças são disponibilizados até R$ 200 mil; para produtores rurais até R$ 1 milhão; e, para micro, pequenas e médias empresas, até R$ 5 milhões.

Conforme o programa, os jovens empreendedores poderão obter recursos via linhas de crédito do BRDE e da Fomento Paraná. 

No caso das linhas de crédito do BRDE, podem se enquadrar empreendedores (pessoa física) ou produtores rurais com idade entre 18 e 29 anos e micro, pequenas e médias empresas que atendam a pelo menos um dos seguintes critérios: ter sócio ou acionista majoritário com idade entre 18 e 29 anos; possuir pelo menos 51% de seus colaboradores com idade entre 18 e 29 anos; ou, ainda, ter um programa de estágio e no mínimo 10% de sua folha de pagamento na faixa etária mencionada.

Essas linhas tem como objetivo financiar capital de giro, obras civis e instalações, compra de equipamentos e softwares, desenvolvimento de software, capacitação e treinamento, gastos de desenvolvimento de produtos e serviços, e gastos pré-operacionais, e poderão ser solicitadas na sede do BRDE ou de forma online, pelo site www.brde.com.br.

Já na linha de microcrédito fornecida pela Fomento Paraná, o objetivo é apoiar empreendedores jovens que desejam investir em um negócio próprio. O microcrédito é composto por empréstimos e financiamentos de até R$ 20 mil, com até três meses de carência e prazo total de 36 meses para pagamento. É destinado a trabalhadores informais, empreendedores individuais e microempresas com faturamento anual de até R$ 360 mil.

Ainda de acordo com o Governo do Estado, o crédito será acessível para pessoas físicas ou jurídicas que buscam fomentar seu negócio sem comprometer o fluxo de caixa da empresa com parcelas de empréstimos elevadas. Além da burocracia reduzida, os empréstimos de linhas de fomento têm taxas de juros menores do que as do mercado financeiro, possibilitando ao empreendedor conseguir um aporte maior por uma parcela menor.

As linhas de crédito da Fomento Paraná serão disponibilizadas através das 216 Agências do Trabalhador do Paraná.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="783592" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]