Juros do cartão de crédito atinge marca histórica

Fernando Garcel


Os juros do rotativo no cartão de crédito para pessoa física voltou a subir e atingiu o maior nível desde 1995. De acordo  com dados da Associação Nacional de Executivos de Finanças (Anefac), entre abril e maio, a taxa média passou de 435,58% para 441,76%.

O diretor da Anefac, Miguel José Ribeiro de Oliveira, afirma que o atual cenário econômico, com queda da renda e aumento do desemprego, faz com que os bancos aumentem suas taxas de juros para compensar possíveis perdas com inadimplência.

Se acordo com um estudo realizado pela SPC Brasil, mais de 50% dos usuários do cartão de crédito não conhecem os juros que são cobrados quando há atraso no pagamento da fatura e 26,5% não analisaram o valor das taxas que são cobradas nas operações com o cartão. Os dados também revelam que 38,7% dos usuários já tiveram restrições no mercado por ter ‘sujado’ o nome em decorrência do não pagamento das faturas.

Juros do Comércio
Houve uma elevação de 0,49%, passando a taxa de 4,08% ao mês (61,59% ao ano) em junho/13, para 4,10% ao mês (61,96% ao ano) em julho/2013.

Cartão de crédito
A taxa se manteve estável em 9,37% ao mês (192,94% ao ano).

Cheque Especial
Houve uma elevação de 0,52%, passando a taxa de 7,73% ao mês (144,37% ao ano) em junho/2013,  para 7,77% ao mês (145,46% ao ano) em julho/2013.

Previous ArticleNext Article