Justiça autoriza leilão de artigos de luxo do traficante conhecido como Cabeça Branca

CBN Curitiba


A Justiça Federal autorizou a venda de artigos de luxo de Luiz Carlos da Rocha, conhecido como Cabeça Branca. Ele foi preso em julho do ano passado e é considerado um dos maiores traficantes de drogas do mundo. Os bens serão leiloados por valores abaixo dos praticados no mercado e poderão ser parcelados em até dez vezes. A decisão da justiça de vender abaixo do valor de mercado é para garantir que os produtos sejam vendidos.

O leilão está dividido em dois lotes – o primeiro será no dia 16 de agosto e o segundo no dia 24 de agosto. São bens suscetíveis à deterioração e depreciação, tais como, bebidas, bolsas e veículos que foram apreendidos na Operação Spectrum e que se encontram no depósito da Polícia Federal. Em 2017, alguns bens do traficante Cabeça Branca já foram leiloados

Entre as mercadorias estão quase 30 garrafas de vinhos renomados como Chateau Latour e Petrus, por exemplo, com preços entre mil e R$ 13 mil. Também estão bolsas femininas da Louis Vuitton, joias e relógios de luxo.

A lista completa de todos os objetos do leilão pode ser vista no site do leiloeiro oficial, www.topoleiloes.com.br. Os lances serão feitos exclusivamente pela internet.

Previous ArticleNext Article