Lei Aldir Blanc cadastro: Agências do Trabalhador do Paraná auxiliam profissionais

Redação

festival de curitiba, nova data, pandemia, coronavírus, teatro, cultura, artistas

As 216 Agências do Trabalhador do Paraná oferecem todo o suporte e orientação aos trabalhadores na área da cultura no Estado que necessitam realizar o cadastro para o auxílio emergencial previsto pela Lei Aldir Blanc.

Sancionada em 29 de junho, a Lei Federal 14.017/2020 homenageia o artista morto pela Covid-19 e instituiu um auxílio financeiro de R$ 3 bilhões para socorrer o setor cultural no País durante a pandemia.

LEI ALDIR BLANC: CADASTRO NOS MUNICÍPIOS DO PARANÁ

O recurso vai garantir renda emergencial mínima de R$ 600 mensais a profissionais do setor cultural que tiveram suas atividades interrompidas por força das medidas de isolamento social causadas pela Covid-19 e não beneficiados por nenhum outro programa governamental, com o seguro-desemprego e o auxílio emergencial.

O repasse do benefício previsto na lei de emergência cultural Aldir Blanc será feito pelos governos estaduais, a partir de um cadastro disponibilizado aos profissionais da área cultural assim que a lei seja regulamentada.

O credenciamento pode ser feito até 14 de setembro por um site do Governo do Paraná (clique aqui). Para mais informações sobre o credenciamento dos profissionais de cultura acesse aqui.

Agências do Trabalhador prestam suporte para o cadastramento de benefício aos trabalhadores na área da cultura no Paraná. Imagem:SECC
Lei Aldir Blanc no Paraná (Divulgação)

Previous ArticleNext Article