Maior cooperativa de crédito do Brasil amplia atuação em Curitiba

Viacredi expande sua atuação em Curitiba onde já possui 60 mil cooperados no Paraná. Nesta terça-feira inaugurou posto dentro da ACP

Redação - 19 de abril de 2022, 15:47

Foto/Divulgação PP
Foto/Divulgação PP

 

Inclusão financeira e humanização são palavras de ordem dentro da Viacredi, maior cooperativa de crédito do país, que adotou o conceito de participação com a comunidade na busca de seu desenvolvimento sustentável e cultural. Foi o que deixou claro nesta terça-feira, em Curitiba, o diretor-executivo da empresa voltada ao cooperativismo urbano, Vanildo Leoni, em entrevista à jornalistas depois da inauguração do novo posto de atendimento localizado no prédio da Associação Comercial do Paraná (ACP), em Curitiba. 

Presente no Paraná há dois anos, quando iniciou suas atividades em São José dos Pinhais, a Viacredi conta com 66 mil cooperados no Paraná e 10 postos de atendimento, sendo cinco em Curitiba, e pretende ampliar sua atuação no Estado, com a abertura de novos postos em Almirante Tamandaré, Araucária, Colombo e Fazenda Rio Grande, além da abertura de novos PAs em Pinhais e Curitiba.

A Viacredi, maior cooperativa de crédito do Brasil, com 830 mil cooperados e mais de R$ 9 bilhões em ativos, acaba de ampliar presença no Paraná com a inauguração do seu décimo Posto de Atendimento (PA) no prédio da Associação Comercial do Paraná, no centro de Curitiba. Com sede em Blumenau (SC), a Viacredi é uma cooperativa do Sistema Ailos e iniciou suas operações no Paraná em novembro de 2019. Em pouco mais de dois anos, já reúne 66 mil cooperados, dez PAs em quatro cidades e mais de 80 colaboradores no Estado.

“A inauguração do décimo Posto de Atendimento faz parte do nosso plano de expansão no Paraná. Nos próximos dois anos, queremos dobrar esse número de PAs e levar nossa cooperativa para outros municípios da região metropolitana de Curitiba, assim como cumprir com nossa missão de levar inclusão financeira e desenvolvimento para a comunidade local”, adiantou Vanildo Leoni, diretor executivo da Viacredi. A próxima expansão será para

Hoje, no Paraná, a Viacredi já possui Postos de Atendimento em São José dos Pinhais (São Pedro, Centro e Afonso Pena), Pinhais (Centro), Piraquara (Centro) e Curitiba (Centro, Santa Felicidade, São Braz, Portão e Xaxim). O plano de expansão da cooperativa no Estado, aprovado em assembleia pelos cooperados, inclui ainda os municípios de Adrianópolis, Almirante Tamandaré, Araucária, Bocaiúva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Cerro Azul, Doutor Ulysses, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Quatro Barras, Rio Branco do Sul e Tunas do Paraná.

“Somos uma cooperativa de crédito de perfil urbano. Por isso, estrategicamente, estamos concentrando nossa presença na região com a maior população do Paraná. E temos um potencial muito grande de crescimento! Antes de iniciar nossa atuação no Estado, pesquisamos e constatamos que apenas 3% da população de Curitiba e região participavam de cooperativas de crédito. Com os 66 mil novos cooperados, esse percentual já mudou”, comemora Leoni.

O diretor executivo da Cooperativa conta que os primeiros desafios enfrentados no início dos trabalhos no Paraná foram o baixo conhecimento sobre o modelo de cooperativismo de crédito e o próprio desconhecimento local da marca. “O cooperativismo de crédito tem muito espaço para crescer, pois oferece todos os produtos e serviços de uma instituição financeira tradicional, porém dentro de um modelo com caraterísticas marcantes, como o retorno das sobras para o cooperado, atendimento mais próximo do cooperado e interesse pela comunidade com apoio ao desenvolvimento do negócio local, entre outras”, explica.

Constituída em 1951, a partir da união de trabalhadores da Cia. Hering, em Blumenau (SC), a Viacredi abriu as portas para admitir a comunidade somente em 2001 e em 2002 passou a fazer parte do sistema Ailos, que hoje reúne 13 cooperativas singulares. Atualmente, a Cooperativa possui 830 mil cooperados, 2 mil colaboradores, 106 Postos de Atendimento, R$ 9 bilhões em ativos, R$ 8 bilhões em operações de crédito e R$ 6,7 bilhões em depósitos totais.                                          v