Mais rico do Brasil está ligado a 20 offshores em paraísos fiscais

Narley Resende


O empresário Jorge Paulo Lemann é o homem mais rico do Brasil. Tem patrimônio pessoal de US$ 29,2 bilhões, segundo a revista Forbes, e US$ 30,9 bilhões, conforme o ranking de bilionários da Bloomberg.

De acordo com o site Poder 360, em reportagem de série internacional, Lemann e seus sócios também estão ligados a pelo menos 20 empresas abertas em países que cobram muito pouco ou nada de impostos para quem registra por lá seus negócios.

Lemann é acionista de grandes companhias, entre outras InBev (de marcas como Brahma, Antarctica, Stella Artois, Budweiser e Corona), Burger King e Heinz, além de ser investidor em empresas como o Snapchat. As offshores do empresário estão registradas nas Bermudas, Bahamas e Ilhas Cayman.

Em geral, a constituição dessas empresas em paraísos fiscais faz parte do planejamento tributário de grandes grupos no Brasil para reduzir a carga fiscal sobre suas receitas.

Leia a reportagem completa no Poder 360

Os dados da reportagem fazem parte da investigação jornalística Paradise Papers, que começou a ser publicada no domingo (5) em uma iniciativa do ICIJ (Consórcio Internacional de Jornalistas Investigativos), organização sem fins lucrativos com sede em Washington, nos EUA.

Previous ArticleNext Article