Governo aumenta preço das apostas nas loterias; Mega vai custar R$ 4,50

Vinicius Cordeiro

Mega-Sena: Confira o resultado do concurso 2275 desta quarta-feira

As apostas em loterias vão ficar mais caras a partir do dia 1º de janeiro de 2020. O reajuste foi autorizado pelo Ministério da Economia e publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (31). O que se sabe é que a aposta da Mega-Sena, que hoje custa R$ 3,50, vai passar para R$ 4,50. Além da Mega, a Loteca, a Lotomania e a Timemania também vão encarecer R$ 1 – veja todos os valores abaixo.

Ou seja, o aumento da Mega será de 28,57%. Já a Quina, que tem a aposta por R$ 1,50, passará a ser de R$ 2.

Vale lembrar que o último aumento na Mega-Sena ocorreu em 2015, quando o valor subiu de R$ 2,50 para R$ 3,50.

A Caixa Econômica Federal, que organiza as loterias e os prêmios, terá de fazer uma divulgação forte, na internet e pelos veículos de comunicação, até três dias antes dos novos valores entrarem em vigor.

Veja os novos valores das apostas mínimas:

Mega-Sena: R$ 3,50 para R$ 4,50.

Quina: R$ 1,50 para R$ 2.

Dupla-Sena: R$ 2 para R$ 2,50.

Loteca: R$ 2 para R$ 3.

Lotofácil: R$ 2 para R$ 2,50.

Lotogol: R$ 1 para R$ 1,50.

Lotomania: R$ 1,50 para R$ 2,50.

Timemania: R$2 para R$ 3.

Previous ArticleNext Article